Quinta, 19 DE abril DE 2018 14:44:58

Tricolor abre vantagem ao ganhar do Nacional, para o jogo de volta na Bolívia




Publicado em:

12 de
abr

Autor:

Globo.com

Depois de ter muitas dificuldades para furar o bloqueio do Nacional Potosí no primeiro tempo, o Tricolor encontrou o caminho para a vitória na etapa final: a bola aérea. Em três cruzamentos de Sornoza, com participação de Renato Chaves, o Flu chegou aos gols com Pablo Dyego, Gum e Pedro (de pênalti). Boa vantagem construída no Maracanã para o jogo de volta na Bolívia: 3 a 0.


O começo do Fluminense foi abaixo do esperado. O Nacional Potosí entrou em campo com o propósito de não levar gols no Maracanã e conseguiu cumprir a missão, pelo menos no primeiro tempo. O Tricolor insistiu muito nas jogadas pelo meio, mas com o adversário todo na defesa, o setor ficou congestionado e foi difícil encontrar espaços.


Publicidade

Outro problema foram as inúmeras faltas e o jogo parado a todo instante pelo árbitro Nicolas Gallo. Só no fim da etapa inicial, o Flu entendeu que a bola aérea seria o caminho mais fácil para os gols: a melhor chance veio após cobrança de falta de Sornoza e cabeceio de Gum, aos 46.


Com o domínio do jogo, o Tricolor conseguiu transformar as chances em gols, aos 27, 33 e 46, com a ajuda de Sornoza e Renato Chaves. O camisa 10 cruzou as três bolas que resultaram nos gols, e o zagueiro deu duas assistências de cabeça. Na terceira, Renato sofreu pênalti ao ser puxado pela camisa por Jorge Flores. Pablo Dyego, Gum e Pedro anotaram os tentos.


Publicidade

Apesar da vitória e a boa vantagem para a partida de volta, Abel Braga terá uma preocupação para a sequência. Não é a perda de nenhum jogador importante para o elenco. O professor se empolgou na comemoração do segundo gol do Flu, marcado por Gum, e sentiu a perna esquerda. O treinador deixou o gramado mancando e com dores.


Após a vitória por 3 a 0 no Maracanã, em sua estreia na Sul-Americana, o Fluminense volta a enfrentar o Nacional Potosí no dia 10 de maio, pela partida de volta. O jogo será no estádio Victor Agustín Ugarte, na cidade de Potosí, na Bolívia, a 4,6 mil metros de altitude. Caso o Fluminense perca também por 3 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Como o regulamento prevê gol fora de casa como critério de desempate, qualquer outra derrota por três gols de diferença, classifica o Tricolor.



Portal: Globo Expresso.Com


Interessantes

Compartilhar